You are currently browsing the category archive for the ‘lazer’ category.

Hum, passei no meu antigo blog (este portanto), e pus-me a pensar no real significado dos 31.765.

Se cá passaram esse número de visitas, o que é que motivava a maioria delas? Eu confesso, que sou um pouco “mete nojo” às vezes, tal como toda a gente (e principalmente o Tuga), às vezes gosto de meter o bodelho mesmo em coisas que não gosto. Alguns blogs fazem-me rir. E com isto não quero dizer que o meu antigo Blog não fosse o mesmo para as 30 e tal mil visitas. Tudo relativo.

Há uns tempos, todos os dias fazia uma visita diária pelos meus blogs favoritos e aprendi muito com isso, é o que sei. Gostava que alguns voltassem ao activo, principalmente nestas horas mortas que tenho tido no trabalho.

Enfim, isto para dizer que me apetece voltar a este espaço. De vez em quando.

Anúncios

Img007

Img015

Img008

Img027

Img029

jihbuibn

vchcfb

tdfhc

love

Imglilili

Há dias em que realmente não apetece fazer nada! hoje é desses dias, acordar tarde, torradas, cama, FOX, filmes, música, sem preocupações… mini férias!

Existe mundo lá fora?

Lista de reprodução:

“I won’t break the silence just ‘cause you ask me
I won’t change anything for anybody
Somewhere out there I know there’s something for me
I try and listen to my own words
They don’t make sense
I know exactly what I’m thinking
The words don’t come out
If they did, would it matter?
Would you listen?
I won’t break the silence just ‘cause you ask me
I won’t change anything for anybody
If I’m not quiet – I’m thinking.
Don’t ask what about
There’s a reason for the silence and why the words don’t come out
If they did, would it matter?
Would you listen?
Left alone, for how much longer
It doesn’t kill me
I feel stronger”

No Warning – Tudo

Não vejo a hora de passar dias seguidos literalmente a coçar a micose! Muito sol, praia, amor, filmes enfim… férias!

bah.

2478110_ASlI3

Lee.

xeque-mate


Idade recomendada: + 5 anos

Tempo de duração: mínimo 1 minuto até 7 horas

Complexidade das regras: Média

Nível estratégico: Alta

Influência da sorte: Nula

Habilidades: Estratégia e táctica.

xadrez é um dos jogos mais conhecidos no mundo (estou indecisa em comparação com o futebol. Brincadeira ahah.). É um jogo de tabuleiro e essencialmente um jogo estratégico.
Pois bem, apesar do jogo existir desde o século XV só aprendi a jogar há muito pouco tempo, sempre quis aprender mas por preguiça ou desleixo sempre me fiquei pelas damas (sim não tem nada a ver, mas era esse o meu pensamento). Gostei do jogo e é realmente viciante, mas também muito stressante. As primeiras vezes que se joga nem se pensa num XEQUE – MATE , nem sabemos muito bem porque motivo estamos em xeque ou sequer o que é isso.
Depois de tudo explicadinho (valha a paciência do educador) e de vários jogos feitos, de várias vezes perder e aprender qualquer coisa com isso e de começar a entender os movimentos e as possíveis estratégias para ganhar um jogo, penso “quem me dera aprender a jogar xadrez” ahah. Some day…

Lee.

Mafra

40 minutos de viagem de manhã e mais 40 minutos de viagem á noite. Mafra – Lisboa, a dormir ou no mundo á parte dos phones.
É certo que não consigo fazer a minha vida em Mafra, odeio tudo o que é a vida numa vila como esta. Já fui e vim algumas vezes, mas ultimamente tenho aprendido a apreciar o chegar a casa, chegar a Mafra;  onde passei a maior parte da minha vida e onde tenho os amigos mais antigos.

Mafra 2

Mafra 3

Do mesmo modo que ás vezes odeio esta vila, muitas vezes é também o meu estado de paz.

Por vezes sabe bem chegar de Lisboa de um dia de confusão e encontrar ruas perfeitamente limpas, velocidades moderadas dos automóveis, jardins bem cuidados, as caras conhecidas do costume, a conversa no café habitual, os cantinhos do pessoal… Mafra no fundo é amor, visitem  🙂

Mafra 4

Lee.

Hoje estou mesmo disto, mesmo do relax.

“Todo dia ela faz Tudo sempre igual, Me sacode Às seis horas da manhã. Me sorri um sorriso pontual, E me beija com a boca De hortelã… Todo dia ela diz Que é pr\’eu me cuidar, E essas coisas que diz Toda mulher. Diz que está me esperando Pr\’o jantar, E me beija com a boca De café…(…)”

Chico Buarque é love;  é um dos mais conhecidos musicos e escritores Brasileiros. A verdade é que nasceu já num meio bastante fácil para isso, e pela “elite” com quem se relacionou.
Para quem não sabe, saiu em 2009 o novo livro, Leite derramado já disponível nas livrarias (não sei se compro, porque tenho alguns em lista de espera).
Entre samba e Bossa nova, poesia, teatro etc. Chico buarque assim como outros intlectuais conseguem fazer da “música do povo”, algo com mensagem e beleza, sem banalizar.

Assim como Vinicius de Moraes, Manuel Bandeira, Tom Jobim, Carlos Drummond de Andrade etc, Chico Buarque consegue escrever sobre a confusão da sociedade, sentimentos, crítica política e pura tristezas de uma forma estranhamente alegre e leve, bem diferente da maior parte dos Poetas e escritores Portuguêses bem melodramáticos e pesados ou então a pura “labreguice alegre” (isto em relação a música popular).

A verdade é que cai bem no ouvido, simplesmente isso. Gostava muito de ter ido quando esteve em Portugal.

apreciem um video 🙂

Obrigada, Walk the Walk pela referência no post de ontem 🙂

Lee.