You are currently browsing the tag archive for the ‘Wu tang Clan’ tag.

 

Limitless 2011 – Dirigiro por Neil Burger.

 

A falta de inspiração do escritor Eddie Morra (Bradley Cooper) , leva-o a descobrir e a tomar uma droga desconhecida, que o faz ficar com capacidades e inteligência superior a um regular humano.
Acontece que a tal “droga milagrosa”, os caminhos da ambição e a descoberta de novas coisas que nunca imaginou conseguir fazer, leva-o a meter-se com as pessoas erradas.

Robert De Niro como Carl Van Loon, seu chefe numa grande empresa é passado para trás pelo jovem magnífico e isso não lhe agrada, assim como outras poderosas pessoas com o conhecimento da existência da tal droga de edição limita fazem tudo para lhe por as mãos.

Morra está no caminho e no posse do que todos querem, o poder. Filme mediano.

 

 

The Adjustment Bureau 2011 – Escrito e dirigido por George Nolfi.

 

Este ainda está fresco na memória, porque foi visto ontem à tarde.

Um romance (bem mais romance do que aquilo que se esperava do filme), entre o político David Norris (Matt Damon ) e Elise Sellas (Emily Blunt ). Estes não têm muito em comum para além de não estar destinado estarem juntos.

David descobre por acidente uns “senhores de chapéu”, uma espécie de anjos do destino, que influenciam e fazem cumprir os destinos de cada um. Inclusivé o dele. O seu amor por Elise não é compatível com a carreira que se espera para ele como político e tudo é feito para os manterem afastados. Mas será que esse foi sempre o destino dos dois? O de estarem separados?

 

 

X-Men: First Class 2011 – Ditigido por Matthew Vaughn

 

Este último filme sobre as origens do X-man, leva-nos a perceber como as coisas aconteceram antes do primeiro filme (um bocado óbvio também). Mas importante, principalmente para os menos atentos saberem de onde veio, por exemplo, a Mystique que é bem importante em todo o enredo.

Apesar da maioria das personagens principais dos anteriores filmes (ou não anteriores neste caso) não aparecerem, o filme mostra principalmente o lado sentimental de toda a história do X-man, e como cada passado influenciou o destino de cada um como mutante. A história inicial do Magneto (interpretado por Michael Fassbender neste filme) e de Xavier (James McAvoy) é obviamente um ponto que tinha que ser explorado.

Gostei muito, efeitos, história, tudo no sítio.

  

Wu tang Clan – @London, HMV FORUM


Depois de voltar de fim de semana de Portugal, festa de anos, e apresentações do livro “Um delicado sentido de equílibrio“, domingo foi dia de Show por cá.
Dia de chuva, e nós a deixar Portugal com os seus 20 e tal graus, fuck, às vezes custa.

Desta vez não fomos nem perto da hora de abertura das portas, chegámos bem depois (já que em Raekwon tinha sido aquela seca até começar o que importava). Timing perfeito, bem antes de começar a tocar os Wu tang Clan.

A banda não vinha toda a Inglaterra, soubémos nós no próprio dia do concerto (faltou o RZA, Raekwon and Inspectah Deck, penso). Mas mesmo assim valeu a pena, mais para Ele do que para mim claro, que sou fã há muito menos tempo e em menos “quantidade”.
Desta vez não andavam os seguranças feitos maluquinhos a caçar o pessoal a fumar ganzas nem nada. Pessoal em altas, boa energia e boa presença de todos (mas o Ghostface é o maior! e o meu favorito).
Penso que como nós toda a gente saiu de lá satisfeito apesar de não ter visto aquilo para que pagou, a banda toda junta.

 

 

Hoje,

faz-me lembrar de ti… : )